Entre os dias 26 e 29 deste mês, teve lugar em São Tomé e Príncipe, uma ação de formação em fraude documental, ministrada por peritos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal.


Esta formação, promovida no âmbito do Projeto RIMM, financiado pela União Europeia e por Portugal, teve como destinatários oficiais de imigração do Serviço de Migração e Fronteiras (SMF) de São Tomé e versou sobre documentação de segurança, deteção de fraude documental e manuseamento dos equipamentos destinados à verificação documental.


A sessão de encerramento desta ação, com a entrega dos diplomas aos formandos e a entrega formal de equipamentos indispensáveis à verificação documental, terá lugar hoje, dia 29, às 15h30 no Centro Cultural Português.


Para além dos formandos e formadores, estarão presentes entidades oficiais de São Tomé, nomeadamente Sua Excelência o Sr. Ministro da Defesa e da Ordem Pública e a Direção do SMF, além do Embaixador de Portugal em São Tomé e da Embaixadora da UE para o Gabão, São Tomé e Príncipe e a CEEAC.

  • Partilhe